*A Estética e a Produção no Capital; Por villorblue

O capital demorou 500 anos e entendeu.

Não adianta fazer produtos duráveis (eles demoravam muito a ser substituidos).

Não adianta fazer mercadorias com qualidade funcional ( nas crises, as massas consumidoras procuravam por preço).

Não adiantava trabalhar e investir muito nas marcas (a China entrou na era da economia de mercado e começou a produzir produtos dezenas de vezes mais baratos).

Hoje a grande propaganda internacional a serviço do capital é direcionada a invalidar o pensamento que temos sobre um bem durável (ou não durável).

A tal ponto que: odiamos um produto comprado a alguns meses, apenas por chegar um mesmo modelo no mercado com um novo encapsolamento.

Esta é a nova estética acompanhada de toda a estratégia para o consumo.

E no fim, descobre-se que o produto de consumo comprado a um ano atrás, faz a mesma coisa que um lançado recentemente.

E consumimos cada vez mais, agora inconscientemente, alucinadamente.

_________________________________________________________

Leia mais:

A estétida do capital e o mundo das coisas

A estética do capital

O capitalísmo contemporâneo e as mudanças no mundo do consumo

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s