*Quem Está de Olho na Petrobras ? Ou no Pré-Sal !!! – Por villorblue

grato por lutar pelo nosso futuro

Assista o vídeo: http://youtu.be/-N4KHyVCHB0

Leia este artigo: http://journal-neo.org/2014/11/18/brics-brazil-president-next-washington-target/

Em 2013 foi noticiado amplamente pela imprensa nacional e internacional, que os EUA andavam bisbilhotando através da NSA alguns governos mundiais e empresas nacionais, a NSA invadiu a rede privada da Petrobras apoderamdo-se de dados confidenciais sobre tecnologias de ponta e mapeamento de reservas, entre outras informações estratégicas, colocando em risco projetos e estudos da maior empresa brasileira. E colocaram como veremos adiante.
Não tenho dúvida que o estado norte-americano e as 4 irmãs que cartelizam os negócios do petróleo (petróleo pode significar energia, energia elétrica por exemplo) e outras energias no planeta, cresceram o grande olho nos campos de; Libra, Franco, Lula, Sapinhoá, Carcará, Peroba, Pau Brasil, Florim, Iara, estes, apenas para exemplificar alguns.
Sabemos que a Petrobras não vai acabar, ela é a única empresa com carta para exploração no país, distribuindo concessões à outras empresas terceirizadas. No mesmo grupo da Petrobras, existe a BR Distribuidora. A BR Distribuidora é a distribuidora autorizada a distribuir combustiveis no territorio nacional. A não ser que se privatize estes serviços, como querem alguns, primeiramente privatizando, seria a unica forma de fechar a Petrobras depois.
Utilizando uma analogia, as ‘cartas patentes bancárias’. Vamos supor que o capitalista tem disponível uma grande soma para abrir um banco, ele dirige-se ao Banco Central com a parafernália de quesitos, entra com as exigências e o BC libera a carta patente através da comprovação do capital inicial. A partir deste ato, os bancos trabalham exclusivamente com o dinheiro de clientes, sendo que o dinheiro que colocam no negócio é apenas o capital inicial que tinham para adquirir a carta. Por este motivo bancos não falem, quando vimos um banco fechar as portas, foi golpe no mercado financeiro apenas.
Por estas e outras, é correto afirmar que a Petrobras jamais falirá, a não ser que; como querem alguns grupos, ela for privatizada totalmente, neste caso, a privatização seria um golpe a toda nação. E isso (a privatização), as massas não podem e não deixarão acontecer no momento.
A independência cultural e financeira de países pobres iguais ao Brasil, nunca interessou e nem interessa a países como os 7 detentores das maiores riquezas mundiais, para estes países, o que interessa é que os 213 países que restam, continuem pobres ou miseráveis, porque é da miséria destes 213, que estes 7 tiram sua riqueza,(vendendo-lhes suas bugigangas industrializadas, pagando royalties usurpantes, pagando salários de fome e uma miséria para as matérias primas tiradas de seus solos). Muito menos não lhes interessa a nossa autossuficiência de matrizes energéticas. Estas matrizes são abarcadas por 4 grandes conglomerados capitalistas atualmente, (as 7 irmãs como disse primeiramente Mattei), as 7 anteriores se uniram e se transformaram em 4 (ExxonMobil,Chevron,Shell e BP ) como podemos perceber, quem comanda o negócio da gasosa no planeta são 4 grupos americanos, todos com suas matrizes nos Estados Unidos. Por isso, quando vejo esta campanha que se abate contra a Petrobras fico muito preocupado. Acredito e isso não é nenhuma teoria da conspiração, que tudo isso é orquestrado por este grupo capitalista absolutista. Por estas 4 irmãs que conspiram por todo o planeta e disseminam a pobreza aos 4 cantos.
As guerras imperialistas atualmente, são para expropriação de petróleo, algumas levam a alcunha de gerras religiosas, outras em nome da liberdade (qual liberdade. Existe isso? Eu sou livre? Você é livre? Me parece que a única a ser livre é a estátua da liberdade, porém ela continua presa ao solo), todas estas guerras levam uma desculpa esfarrapada, foi e é assim no Iraque, na Líbia, na década de 50/60/70 com os planos de contra insurgências fomentadas pela cia/itt/gm/7irmãs, guerras na Ásia e África, ditaduras nas Américas, todas elas tinham e tem um único objetivo, dominar e manter o sistema burguês de produção, os 7 países mais ricos não admitem que sua fonte de riquezas acabe, por este motivo, eles mantém uma “propaganda” sistemática, ininterrupta sobre as nações pobres, sobre o povo inconsciente da realidade.
Esta “propaganda” utiliza várias ferramentas para perpetuar esta dominação, cinema, grandes mídias, democracia burguesa. Sempre incutindo a ideia de que somos assim porque merecemos, sofremos porque somos burros, merecemos ser explorados, não temos cultura nem instrução por isso somos inferiores, sempre fazendo-nos acreditar que somos pobres por nossos antepassados não nos ter preparados para o presente, e por sermos despreparados no presente nossos filhos terão o mesmo status por herança, sempre nos fazendo crer que é normal existir castas, homens explorando homens, mulheres sendo usadas como objetos, isso é o que vemos em jornais, novelas, filmes, rádios, teatro, moda, artes, músicas, programas policiais e mundo cão, literatura, etc. É um bombardear de informações ininterrupto, onde o ser humano individualista só pensa em ser melhor que o próximo (segundo filosofia de adam stmith) e olha que o próximo é seu igual pensando a mesma coisa. Filosofia esta que abomino completamente.
O que vemos no momento, não é o que realmente esta acontecendo, a grande mídia engana-nos a soldo dos grandes monopólios e oligopólios financeiros, mediante soldo dos grandes cartéis. Quando na década de 70, já falávamos da bacia petrolífera de Santos (uma das maiores, senão a maior bacia de petróleo marítimo do planeta), sabíamos o que teria de enfrentar a nação brasileira nos anos que estariam por vir. Tínhamos noção dos ataques que ocorreriam dos grupos que gerem e exploram as matrizes energéticas no planeta. Parece que demorou muito, porém estes ataques já ocorrem a algum tempo, em 1973 quando a OPEP se uniu e resolveu aumentar o barril de óleo cru, a nação brasileira viu cair o “grande milagre brasileiro” tão divulgado por Carrascoazu Médici e seu regime autocrático de dominação burguesa, os endurecimentos nos anos que viriam, fizeram parte de toda esta rapina que aconteceu a nível planetário. Países pobres, empobreceram ainda mais, alguns como Brasil, China, Rússia, melhoraram um pouco. A de se consentir e é contra estes países que os ataques se intensificaram. Irã também teve uma breve melhoria, suas mulheres não são tão agredidas física e psicologicamente como em alguns países Árabes, porém são poucos países nesta situação de melhora. O regime burguês de produção e dominação não tem como elevar o planeta as melhorias materiais como um todo, pois o capitalismo sobrevive da exploração humana, do homem pelo homem. No regime burguês de produção e dominação só existe riqueza porque existe pobreza, é simples como 1+1=2. Porque as pessoas não conseguem enxergar isso?
Quem vive pelo dinheiro e suas benesses mundanas e podres, sabe que só se consegue grandes riquezas através dos roubos e das falcatruas. Ninguém consegue enriquecer trabalhando, isto é, sendo explorado, se alguém acreditar que isso acontece, me mostre mil exemplos de pessoas que enriqueceram sendo explorados simplesmente, que eu mudo meu conceito. Nos desespera quando ouvimos na grande mídia, notícias sobre corrupção, porém estamos agindo de forma errada quanto as nossas atitudes. Corruptos e corruptores não precisam de delação premiada. O que é isso de premiar corrupto?
Corruptos precisam primeiramente que; sejam retirados os motivos que levaram a vender sua alma, ou comprar outra pessoa ou grupo para se beneficiarem, então de imediato, em primeiro lugar, teria que ser efetuado o boqueio de todos seus bens ao menor indício de corrupção passiva ou ativa de todos os envolvidos. Em segundo lugar, o bloqueio dos bens de todos os parentes e amigos destes envolvidos para se evitar o desvio destes valores para “laranjas”. Em terceiro, após serem julgados e sentenciados, prisão perpétua em selas comuns em penitenciarias comuns para os sentenciados.
O que estes bandidos corruptos idiotas fazem, além de trair toda uma nação, é também fazer o jogo dos grandes grupos, dos grandes oligopólios, dos imensos polvos do petróleo, que com seus tentáculos abarcam tudo no planeta e não querem perder o status quo (in statu quo res erant ante bellum) .
A Petrobras é muito grande para acabar desta forma como querem alguns. Ela pode e deve acabar um dia para dar forma a algo muito maior, muito mais nobre, mais humano, que seja usada apenas em favor dos seres humanos, independente de religião/cor/sexo/idade, sem objetivos capitalistas unicamente. Sem ações nas bolsas internacionais de commodities (kfe,eurex,cbot,bmf,dexder,nimex,dce,etc). É assim que vejo a Petrobras, unicamente para atender os povos de todas as regiões, sem interesses obscuros, sem politica, sem proprietários, sem xerifes. Talvez até com outro nome, a serviço das massas, para ser usada por todos. Apenas isso.

Brasil é o grande alvo dos EUA”, diz jornalista que obteve documentos de Snowden
6ago2013---jornalista-do-the-guardian-glenn-greenwald-participa-de-audiencia-publica-conjunta-das-comissoes-de-relacoes-exteriores-da-camara-e-do-senado-para-esclarecimentos-acerca-das-denuncias-1375816709946_300x300
O jornalista norte-americano Glenn Greenwald, que revelou os documentos secretos obtidos por Edward Snowden, disse em entrevista por telefone ao UOL que o Brasil é o maior alvo das tentativas de espionagem dos Estados Unidos. “Não tenho dúvida de que o Brasil é o grande alvo dos Estados Unidos”, disse o jornalista, que promete trazer novas denúncias. “Vou publicar todos os documentos até o último documento que deva ser publicado. Estou trabalhando todo dia.”

ASSISTA O EXCELENTE VÍDEO, E SAIBA MAIS VERDADES: https://www.youtube.com/watch?v=nOaff79Tpqg&feature=youtu.be

Leia mais: http://noticias.uol.com.br/internacional/ultimas-noticias/2013/09/04/brasil-e-o-grande-alvo-dos-eua-diz-jornalista-que-obteve-documentos-de-snowden.htm

Pelo fim do regime burguês de produção e dominação.

Texto extraído do site:  https://wikileaks.org/Nos-bastidores-o-lobby-pelo-pre.html

Brazil – Nos bastidores, o lobby pelo pré-sal

“A indústria de petróleo vai conseguir combater a lei do pré-sal?”. Este é o titulo de um extenso telegrama enviado pelo consulado americano no Rio de Janeiro a Washington em 2 de dezembro do ano passado.

Como ele, outros cinco telegramas a serem publicados hoje pelo WikiLeaks mostram como a missão americana no Brasil tem acompanhado desde os primeiros rumores até a elaboração das regras para a exploração do pré-sal – e como fazem lobby pelos interesses das petroleiras.

Os documento revelam a insatisfação das pretroleiras com a lei de exploração aprovada pelo Congresso – em especial, com o fato de que a Petrobrás será a única operadora – e como elas atuaram fortemente no Senado para mudar a lei.

“Eles são os profissionais e nós somos os amadores”, teria afirmado Patrícia Padral, diretora da americana Chevron no Brasil, sobre a lei proposta pelo governo . Segundo ela, o tucano José Serra teria prometido mudar as regras se fosse eleito presidente.

Partilha

Pouco depois das primeiras propostas para a regulação do pré-sal, o consulado do Rio de Janeiro enviou um telegrama confidencial reunindo as impressões de executivos das petroleiras.

O telegrama de 27 de agosto de 2009 mostra que a exclusividade da Petrobrás na exploração é vista como um “anátema” pela indústria.

É que, para o pré-sal, o governo brasileiro mudou o sistema de exploração. As exploradoras não terão, como em outros locais, a concessão dos campos de petroleo, sendo “donas” do petróleo por um deteminado tempo. No pré-sal elas terão que seguir um modelo de partilha, entregando pelo menos 30% à União. Além disso, a Petrobrás será a operadora exclusiva.

Para a diretora de relações internacionais da Exxon Mobile, Carla Lacerda, a Petrobrás terá todo controle sobre a compra de equipamentos, tecnologia e a contratação de pessoal, o que poderia prejudicar os fornecedores americanos.

A diretora de relações governamentais da Chevron, Patrícia Padral, vai mais longe, acusando o governo de fazer uso “político” do modelo.

Outra decisão bastante criticada é a criação da estatal PetroSal para administrar as novas reservas.

Fernando José Cunha, diretor-geral da Petrobrás para África, Ásia, e Eurásia, chega a dizer ao representante econômico do consulado que a nova empresa iria acabar minando recursos da Petrobrás. O único fim, para ele, seria político: “O PMDB precisa da sua própria empresa”.

Mesmo com tanta reclamação, o telegrama deixa claro que as empresas americanas querem ficar no Brasil para explorar o pré-sal.

Para a Exxon Mobile, o mercado brasileiro é atraente em especial considerando o acesso cada vez mais limitado às reservas no mundo todo.

“As regras sempre podem mudar depois”, teria afirmado Patrícia Padral, da Chevron.

Combatendo a lei

Essa mesma a postura teria sido transmitida pelo pré-candidtao do PSDB a presidência José Serra, segundo outro telegrama enviado a Washigton em 2 de dezembro de 2009.

O telegrama intitulado “A indústria de petróleo vai conseguir combater a lei do pré-sal?” detalha a estratégia de lobby adotada pela indústria no Congresso.

Uma das maiores preocupações dos americanos era que o modelo favorecesse a competição chinesa, já que a empresa estatal da China, poderia oferecer mais lucros ao governo brasileiro.

Patrícia Padral teria reclamado da apatia da oposição: “O PSDB não apareceu neste debate”.

Segundo ela, José Serra se opunha à lei, mas não demonstrava “senso de urgência”. “Deixa esses caras (do PT) fazerem o que eles quiserem. As rodadas de licitações não vão acontecer, e aí nós vamos mostrar a todos que o modelo antigo funcionava… E nós mudaremos de volta”, teria dito o pré-candidato.

O jeito, segundo Padral, era se resignar. “Eles são os profissionais e nós somos os amadores”, teria dito sobre o assessor da presidência Marco Aurelio Garcia e o secretário de comunicação Franklin Martins, grandes articuladores da legislação.

“Com a indústria resignada com a aprovação da lei na Câmara dos Deputados, a estratégia agora é recutar novos parceiros para trabalhar no Senado, buscando aprovar emendas essenciais na lei, assim como empurrar a decisão para depois das eleições de outubro”, conclui o telegrama do consulado.

Entre os parceiros, o OGX, do empresário Eike Batista, a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP) e a Confederação Naiconal das Indústrias (CNI).

“Lacerda, da Exxon, disse que a indústria planeja fazer um ‘marcação cerrada’ no Senado, mas, em todos os casos, a Exxon também iria trabalhar por conta própria para fazer lobby”.

Já a Chevron afirmou que o futuro embaixador, Thomas Shannon, poderia ter grande influência nesse debate – e pressionou pela confirmação do seu nome no Congresso americano.

“As empresas vão ter que ser cuidadosas”, conclui o documento. “Diversos contatos no Congresso (brasileiro) avaliam que, ao falar mais abertamente sobre o assunto, as empresas de petróleo estrangeiras correm o risco de galvanizar o sentimento nacionalista sobre o tema e prejudicar a sua causa”.

____________________________________________________

– Até onde chega a pressão norte-americana?  
– Por francisco Soriano;  economista e diretor do Sindicato dos Petroleiros do Rio de Janeiro.
– Os ataques contra a Petrobras nascem de várias forças aliadas do exterior, e claro que os Estados Unidos fazem parte disso, mas não somente. Eles têm apoios dentro do nosso país. É uma engrenagem grande. Falamos de um poderoso lobby estrangeiro, da participação de serviços de inteligência como a NSA (Agência Nacional Segurança estadunidense), que pactuam com os grupos golpistas do Brasil: há empresários participando, o setor financeiro e os partidos de direita, que pedem o impeachment da presidenta Dilma Rousseff.
Anúncios

2 comentários sobre “*Quem Está de Olho na Petrobras ? Ou no Pré-Sal !!! – Por villorblue

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s